Fundação: Criada em 1990

Largo da Igreja do Freixo (Tongobriga), 58

4630-092 Freixo - Marco de Canaveses

Provas de Aptidão Profissional

Apresentamos algumas das PAP’s (Provas de Aptidão Profissional) desenvolvidas pelos nossos alunos ao longo da formação. Cada uma é um projeto transdisciplinar integrador de diversos saberes e capacidades adquiridos.

Cerâmicas do Castro de Recarei

Escola Profissional de Arqueologia

Curso: Assistente de Arqueólogo 2017-2020

Resumo:  Este trabalho teve como objetivo o tratamento, análise e registo das cerâmicas recolhidas do Castro de Recarei (Oliveira de Azeméis) na intervenção arqueológica de 2018.

No final foi apresentada uma proposta de catálogos dos materiais.

Ano: 2019-2020

Orientador: Sandra Gorete Ferreira Martins

Roteiro das Cruzes

Escola Profissional de Arqueologia

Curso: Técnico de Museografia e Gestão do Património 2017-2020

Resumo: Apresenta-se um projeto de criação de um roteiro turístico religioso a realizar na Freguesia de Várzea, Aliviada e Folhada, Concelho de Marco de Canaveses.

O roteiro promove o conhecimento do património religioso através da visita a capelas, alminhas, dois cruzeiros e o antigo caminho da via-sacra da igreja de S. André ao calvário.

Ano: 2019-2020

Orientador: Susana Nunes

Formando: Nuno Daniel Vieira de Lima

Trabalhos Arqueológicos na Ponte do Arco

Escola Profissional de Arqueologia

Curso: Assistente de Arqueólogo 2016-2019

Resumo: Em resultado da participação nos trabalhos arqueológicos da Ponte do Arco, nomeadamente nas sondagens aí realizadas, procurou-se fazer um enquadramento do monumento, descrição dos trabalhos de campo efetuados, e tratamento da informação recolhida em gabinete.

Ano: 2018-2019

Orientador: Francisco Fernandes

Formando: Paulo Miguel Braga Sousa

Arqueólogos não escavam dinossauros

Escola Profissional de Arqueologia

Curso: Assistente de Arqueólogo 2016-2019

Resumo: Este projeto visa mostrar às pessoas em que consiste verdadeiramente a arqueologia e as suas várias vertentes, que correspondem às várias disciplinas e módulos lecionados ao longo do curso de Assistente de Arqueólogo, tendo como objetivo esclarecer o público em geral sobre o que é a Arqueologia. A escolha deste tema resulta da constatação de que há uma confusão da Arqueologia com outras ciências, designadamente com a Paleontologia. Para cumprir este objetivo foi criada uma página Web.

Ano: 2018-2019

Orientador: Susana Nunes

Formando: Beatriz Teixeira Sobral

Escotismo no Marco de Canaveses

Escola Profissional de Arqueologia

Curso: Técnico de Museografia e Gestão do Património 2016-2019

Resumo: Este projeto, intitulado “Escotismo em Marco de Canaveses”, tem como principal objetivo divulgar o Grupo de Escoteiros 237 de Tabuado. Integra entrevistas a escoteiros e uma exposição temporária com vários temas relacionados com o Escotismo nomeadamente a sua divisão por faixas etárias, atividades mais importantes e importância no relacionamento interpessoal dos seus membros.

Ano: 2018-2019

Orientador: Dulcineia Pinto

Formando: Adriana Filipa Soares Azevedo

O Sítio Pré-Histórico do Paraíso

Escola Profissional de Arqueologia

Curso: Assistente de Arqueólogo 2015-2018

Resumo: Este trabalho pretende apresentar um estudo dos materiais líticos da Pré-História, descobertos entre 2011 e 2012 no sítio do Paraíso, (Cabo Espichel – Sesimbra).

Os principais objetivos deste trabalho são fazer um estudo técnico-morfológico dos materiais recolhidos do sítio arqueológico do Paraíso, bem como contextualizar a estratigrafia do sítio, para posterior correlação entre a estratigrafia do Paraíso com o Quaternário do Cabo Espichel.

Ano: 2017-2018

Orientador: Doutor Silvério Figueiredo (Centro Português de Geo-História e Pré-História)

Formando: Joana Gaboleiro Amigo

Trabalhos Arqueológicos na Capela de Fandinhães

Escola Profissional de Arqueologia

Curso: Assistente de Arqueólogo 2013-2016

Resumo: Este projeto pretende demonstrar os trabalhos arqueológicos realizados na Capela de Fandinhães, com a finalidade de responder à questão acerca da efetiva existência de uma nave que completasse o templo.

Com a escavação das sondagens arqueológicas previstas pretendeu-se observar a existência dos possíveis alicerces da nave e, juntamente com a ajuda da análise do espólio arqueológico, interpretar o que se terá passado no sítio.

Ano: 2015-2016

Orientador: Mónica Corga

Formando: Tânia Pinto

Modelo 3D da “Casa do Impluvium”

Escola Profissional de Arqueologia

Curso: Assistente de Arqueólogo 2013-2016

Resumo: O objeto de estudo deste trabalho foi a “Casa do Impluvium” em Tongobriga e propõe-se a utilização de métodos de modelação 3D e de representação virtual em tempo real, baseado em dados rigorosos recolhidos pelos arqueólogos até à data. Além disso visa-se entender as vantagens desta ferramenta na confirmação de diferentes teorias de reconstrução e na resolução de problemas daí oriundos.

Por sua vez, o recurso a este tipo de tecnologia poderia ser utilizado para fins museológicos, uma vez que esta é facilmente compreendida pelo público não especialista, cativando dessa forma mais pessoas a conhecer o passado para melhor perceber o presente.

Ano: 2015-2016

Orientador: Mónica Corga

Formando: Rui Cardoso

Igreja de Sta. Maria de Vila Boa do Bispo

Escola Profissional de Arqueologia

Curso: Assistente de Arqueólogo 2013-2016

Resumo: O presente trabalho tem como tema o estudo do espólio associado aos enterramentos no adro da Igreja de Santa Maria de Vila Boa do Bispo.

O objetivo principal do mesmo foi a criação de um catálogo dos materiais funerários e fúnebres recolhidos no referido local. O estudo dos referidos materiais permitiu-nos ainda caraterizar os vestígios arqueológicos identificados, nomeadamente as sepulturas e rituais de enterramento, no adro da Igreja de Santa Maria de Vila Boa do Bispo.

Ano: 2015-2016

Orientador: Susana Nunes

Formando: Tânia Morais