Fundação: Criada em 1990

Largo da Igreja do Freixo (Tongobriga), 58

4630-092 Freixo - Marco de Canaveses

A Escola Profissional de Arqueologia acaba de ser reconhecida como uma escola de qualidade da oferta de Educação e Formação Profissional, tendo-lhe sido atribuído o Selo de Conformidade EQAVET, válido por três anos.

Este selo, atribuído pela ANQEP – Agência Nacional para as Qualificações e o Ensino Profissional, certifica que o sistema de garantia da qualidade implementado pela Escola Profissional de Arqueologia está alinhado com o Quadro EQAVET.

A verificação de conformidade EQAVET foi assegurada por peritos, que visitaram a Escola e contactaram com os vários intervenientes no processo: formandos, formadores, pessoal não docente, Técnico do Serviço de Orientação, parceiros de Formação em Contexto de Trabalho, empregadores, encarregados de educação, elementos do órgão consultivo e Direção.

selo eqavet

Fundada em 1990, Escola Profissional de Arqueologia é uma instituição pública de ensino profissional dedicada à área do Património Cultural, implantada na aldeia de Santa Maria do Freixo, em plena Estação Arqueológica do Freixo, espaço de cerca de 50 hectares classificado como Monumento Nacional – a cidade romana de Tongobriga.

A sua criação surge associada ao aumento do mercado de trabalho na área da Arqueologia, e com a necessidade de criação de um corpo profissional de arqueólogos capaz de responder de forma competente aos normativos legais e às crescentes solicitações que o desenvolvimento urbanístico e as obras públicas acarretavam.

A Escola Profissional de Arqueologia foi criada através de um contrato programa celebrado entre o Gabinete de Educação Tecnológica, Artística e Profissional e o Instituto Português do Património Arquitetónico e Arqueológico, em representação, respetivamente do Ministério da Educação e Ministério da Cultura.